páginas

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Organize seu estudo - parte 1

Tenho falado muito que disciplina e organização são fundamentais no processo de aprendizado que qualquer instrumento. Com o violão não é diferente. Muitas vezes escuto pessoas dizendo: "isso não é pra mim", "não tenho dom, talento etc". Essa é a principal armadilha: falta de achar o tempo necessário pra o estudo do violão. Ir na aula é o mais fácil (e mais legal). Chega lá, o professor esperando, toca, conversa, toma um mate…Mas, saindo da aula, chegando em casa a coisa complica. Então vai a dica: quando for pensar em estudar violão ACHE PRIMEIRO O TEMPO PARA ESTUDÁ-LO, depois vá procurar o professor e comprar um instrumento. Outro dia eu sigo falando sobre isso.
Um abraço

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Roteiro do Workshop Violão Gaúcho em Bagé

Amigos, neste sábado, dia 22, estarei em Bagé, apresentando o Workshop Violão Gaúcho. Será um resumo geral do material abordado no Curso Violão Gaúcho e também apresentação e comentário dos materiais DVD VIDEO AULA VIOLÃO GAÚCHO e do livro 14 ESTUDOS PARA VIOLÃO GAÚCHO. O roteiro seguirá conforme o quadro abaixo.
Workshop Violão Gaúcho em Bagé
sábado, dia 22 de novembro
15h
Instituto Municipal de Belas Artes
entrada franca - restrita a 30 participantes

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

Dicas para estudar escalas

   O estudo das escalas se faz de extrema necessidade para músicos de todos os gêneros musicais. para nós, do violão gaúcho não poderia ser diferente. Há que goste e há quem não goste de estudar escalas mas o fato é que o estudo é indispensável quando se quer trabalhar principalmente com o violão-solo.
   Existem técnicas que facilitam o estudo das escalas. Acima das técnicas, o fator mais importante é organizar o estudo, aliás, para tudo o que diz respeito ao item "estudo", organização é fundamental.
   Com as escalas não é diferente. A gente precisa fazer um "mapeamento" de todas as escalas e seus respectivos desenhos (estes últimos irão surgir nos instrumentos de corda em geral, em função do fato de as mesmas notas aparecerem em diferentes cordas).
Sendo assim, classifique as escalas em maiores, menores, dominantes (estes são os principais pilares de escalas utilizadas) e depois estabeleça uma planilha onde você coloca, a cada dia, uma, duas ou três escalas de diferentes tipos, de acordo com o tempo que você tem pra estudar.
  Este já é um grande passo.
  Após, estabeleça, para cada escala, um tempo determinado, tipo 5 minutos para cada uma. Num total de 15 minutos diários você terá malhado em 3 escalas e isso já é muito bom. Lembrando que esse tempo de 15 minutos está dentro de um roteiro de 1 hora, mas isso vou falar posteriormente.
Por enquanto é isso. Vá organizando desta forma e depois a gente volta a falar.

Abraço, bom estudo!