quarta-feira, 28 de junho de 2017

Como melhor posicionar o violão para tocar - parte 4


Vimos anteriormente que há várias posturas que podem ser adotadas quanto ao posicionamento do violão em relação ao corpo do executante. Vimos também as vantagens e desvantagens de cada uma delas e o que cada posicionamento nos oferece na hora do estudo. Falei também do posicionamento que eu adoto em relação ao violão, nos estudos e no palco e disse que o que eu mais prefiro utilizar é aquela posição em que o violão fica suspenso numa alça e eu me posiciono em pé.

Mas não são todos que gostam e se sentem à vontade tocando em pé. Na maioria das vezes, o que se vê, é o instrumentista sentado com o violão no colo.
Bom, falemos aqui sobre este último posicionamento. 

Nos últimos tempos, temos visto três posicionamentos mais usados quando o violonista está sentado: violão na perna direita, violão na perna esquerda e violão na perna direita com a perna cruzada.

A nível de palco, o uso na perna esquerda é adotado sobretudo no violão erudito, por todas as razões que ja falamos anteriormente. O que mais se vê realmente no meio popular é a postura na perna direita. 

Há que se ter cuidado sempre em posicionar a perna direita mais alta que a esquerda. Nunca deixar ambas as pernas no mesmo nível, ou seja, com os dois pés apoiados no chão, na mesma linha.

No caso da gauchada, que, na maioria das vezes tocamos de botas, podemos apoiar o pé direito encima do pé esquerdo e vice versa. Esta postura, embora útil, não é eficiente pois logo logo o pé que está embaixo vai cansar.

A posição que utiliza a perna direita cruzada também depende muito de que tenhamos o hábito de cruzar a perna. Além do mais, pode se tornar cansativa em apresentações mais longas, onde, com o passar dos minutos (e até das horas) nos veremos obrigados a trocar de posição.

Então, para quem toca sentado, ainda fico com a opção de usar um suporte ou apoio para o pé. Comercialmente, há ótimos suportes, que não ocupam espaço para carregar e são práticos quanto ao uso.

O importante de tudo isso que foi falado é que você eleja uma postura e invista nela. Acostume-se, organize-se para tocar sempre na mesma posição e que esta posição seja a mais confortável possível para o seu desempenho musical.

Curso Violão Gaúcho
treinamento on-line
para aprendizado & aplicação 

do violão na Música Gaúcha

Um comentário:

  1. Gostei da dica de investir em uma posição e se acostumar. Mais uma ótima observação sua Marcello.

    ResponderExcluir

deixe aqui seu comentário. Será muito valorizado!